onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Serei sempre um Leão




O  cão raivoso me alcançou
Meu sangue em sua boca maldita
Tornou vermelho o azul do dia
Pela traição perpetrada,
Mas,
Serei sempre um Leão
De idéias fulgurantes
E de rugidos a soar
Por toda a terra,
Feito bola de neve,
À liberdade,
Fraternidade,
Amor.




2 comentários:

Ana Rafaela disse...

Lindo e delicado, Jusça!

Juscelino Mendes disse...

Obrigado, querida, por sua presença!