onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 1 de abril de 2010

O Salvador


"Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade".
I Timóteo 2:3,4


Silêncio!
Templos repletos.
                 Nesta hora,
                             oram por ti,
                                        velam por ti,
                                                   clamam por ti...


Respeito!

Ouve!

Belos cantos.
Falam de ternura, amor, salvação;
cantam, cantam, por tantos!
Por ti.

Oram com ardor
e velam vivos para que tenham vida
no Salvador...

Por que anseiam que tenhas vida,
se muitos querem prosélitos?
Já não lhes basta a lida?

Oh! Não buscam méritos!
Obedecem por gratidão
um salvar pretérito.

Ouve!
Velam por ti
como se fora louça.

Ouve

Velam por ti
para que não te quebres...
Ouve!

Não querem que pereças;
que vagues como ninguém;
que, sem propósito, te desfaleças;

que fujas do além;
que ignores o porvir,
que certamente vem.

Não querem que Zaratustra¹ e o devir
busques para a tua definitiva
e horrenda perdição², que há de vir.

A doutrina destrutiva
do niilismo não combina
com a natureza humana sempre-viva.

Ouve!

Clamam por ti
para que tenhas tempo
                de decidir...

se queres alento,
perene alegria,
ou tudo por breve momento...

Não tens no porvir alegoria!
E no céu não entrarás
por vã filosofia.³

Quem te conduzirá?

Nem mesmo por Virgílio
Poeta soberbo te guiarás 4
como se fora um idílio.

Ouve!

Clamam por ti
para que vejas
(aqui e ali)

O sublime amor de Deus
e da Luz eterna possas gozar,
reservada aos filhos Seus.

Não te permitas desanimar!
Não te cerres a Porta da Mansão 5
que te fará sublime amor encontrar.

Sabes tu, criatura — em vão —,
que por lei não podes entrar
a despeito dos labores de tua mão?

Nisto tens que pensar
Pois na incerteza
não podes ficar.

Ouve!

Clamam por ti
para que, nesta vida incerta,
conheças

A Verdade 6 que liberta,
enaltece a coroa da criação
e te livra da segunda morte certa.

Abre teu coração
e permite nele Jesus
entrar, e canta uma nova canção.

Por ti teve morte de cruz.
Não como um espetáculo teatral,
mas para que recebas a luz.

Ah! Como obterias a vida eternal
se Jesus no túmulo ficasse?
Seria o final...

Mas, num passe,
dentre os mortos ressurgiu
mostrando sua face.

Ouve!

Oram por ti
            Velam por ti
                      Clamam por ti...

Para que vivas a adorada
Pessoa de Cristo, e não a imagem
de uma figura desfigurada.


"Disse-lhe Jesus: Eu sou a
ressurreição e a vida; quem
crê em mim, ainda que esteja
morto viverá, e todo aquele que vive
e crê em mim, nunca morrerá. Crês isto?
" —7


Silêncio!
Clamam por ti.


Juscelino V. Mendes


Foto: musical "Tenha Fé" - 2002 - Coral da IBCC e personagens.

  
1."Assim Falou Zaratustra" - Obra do filósofo alemão Friedrich W. Nietzsche.
2.Mateus 7:13
3.Colossenses,2:8
4.Referência à Divina Comédia - Inferno - Canto I, vs 21-27 – Durante Aldighiero.
5."E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus." - Gênesis 28:17.
6."E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." -

7.Palavras de Jesus Cristo - João 8:32.; palavras de Jesus em João 11:25,26
- Poema publicado no livro de poesia filosófica Balé do Espírito, Campinas: Editora Komedi, 1999.
"This building was formerly the home of Lutherans, beginning in 1914. In 1971 the building was sold to an African-American Baptist congregation. The religious iconography has been updated to reflect the church's ethnic composition" (Texto e Imagem: http://www.flickr.com/photos/71288712@N00/2417058673/).
Chamo a sua atenção para esse segundo vídeo. Trata-se de passagem descrita no livro de Mateus, Capítulo 21, v. 12, intitulada "A purificação pelo Rei", verbis: "Tendo Jesus entrado no templo, expulsou todos os que ali vendiam e compravam; também derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas. E disse lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; vós, porém, a transformais em covil de salteadores." No mesmo sentido, as passagens descritas em Marcos 11:15-17 e Lucas 19:45,46; João 2:13-16.
Clique no título do poema e ouça "Jesus, alegria dos homens" de Bach.

6 comentários:

IVANCEZAR disse...

Uma ode à fé - construída com rara competência e fina sensibilidade - parabéns !

Jairo Cerqueira disse...

Que beleza de texto, Juscelino. É realmente prazerosa a visita aos contrutos do seu intelecto.
Feliz Páscoa, amigo!

Léia Alves disse...

Juscelino, Olha q maravilha viu!!
Gostei também dos fotos!!
Abraços pra tí
Desejo uma feliz páscoa pra tí!!

anita sereno disse...

ola meu caro amigo obrigada por fazer parte da minha amizade da outra vez quis deixar um comentário e não consegui
agradeço de coraçao,a FÉ É a coisa que mais busco na minha vida pode demorar mas sei que Deus me olha e me escuta e só tenho que descobrir em mim o que me deixa assim porque na certa Deus já me mostrou o caminho nos as vezes é que não vemos boa semana obrigada de coraçao e continue sempre com fé beijinhos

anita sereno disse...

oi passei para te desejar boa semana beijinhos

Juscelino Mendes disse...

Minhas queridas e queridos,
gostei demais de seus comentários e fico feliz que tenham gostado de minha poesia. Eu tenho orado por pessoas que sequer conheço. Precisamos entender cada vez mais os propósitos de Deus em nossas vidas, porque certamente Ele tem um plano excelente para cada um de nós, basta que o busquemos de todo nosso coração e de toda a nossa alma, como princípio expresso nas Escrituras Sagradas.

Um grande abraço a todos!