onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 9 de julho de 2013

A-deus!

(p/ Rubem Alves)

Sou quem sou,
Mas não sei.
Partir-me-ei,
E de quem sou?
Não sei...
Minha teologia vai contra a maré;
Minha humana filosofia é o que me resta.
Acabei a carreira e é o que me presta.
Na minha velhice, pergunto-me, se algum dia tive fé!

A-deus!...



Juscelino V. Mendes

2 comentários:

João Francisco Mantovanelli disse...

Amigo Juscelino, que lindo estes seus dizeres sobre Rubem Alves, estas palavras são as mais belas que já li para retratar a alma de nosso querido Rubem Alves, simplesmente encantador. Parabéns.

Juscelino Mendes disse...

João, obrigado pelos seus comentários generosos.