onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Aparente insignificante

O que ilumina o céu à noite
e põe música no ar
faz-me cantar
os delírios de quem passa
a entender que o poderoso e
magnificente residem no aparente
insignificante.

Juscelino V. Mendes 

Um comentário:

João Mantovanelli disse...

Momentos de deleite, de ócio, fantasia, imaginação, reflexão conosco mesmo, indagações da alma e ações rápidas com a semelhança de uma estrela cadente. Um insight, com a magnânima solar sendo escondida por um eclipse. Ou os raios lunares que iluminam a imensidão da escuridão,de nossas respectivas indagações da alma.