onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 7 de janeiro de 2017

Mais que perfeito

Era madrugada.
Insone em Lisboa, compusera no escuro um poema.
Vira o Tejo, com as suas águas azuis;
Vira as esverdeadas e frias de Cascais,
Levado por imagens fulgurantes.
Vira Évora,
Que me fizera por instantes medieval.
Adormeci.
E não me lembro mais dos versos compostos.
Levaram-mos, os pensamentos, p'ra Coimbra.
E o sonho já se tornara mais que perfeito.



Juscelino V. Mendes