onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 3 de dezembro de 2016

As chuvas dão um ar de tristeza

As chuvas dão um ar de tristeza;
De dureza espraiada
pelo ar,
Mas, como diz a Palavra:


"...O choro pode durar uma noite,
mas a alegria vem pela manhã.
(Sal. 30:5)."


Amanhã virá o sol.
Com ele, o sorriso, o calor, a labuta.
E, no tempo certo,
A chuva singular de cada um de nós.


Juscelino V. Mendes

#ForçaChape
Fonte: https://pixabay.com/en/rain-children-sad-bored-view-20242/






terça-feira, 8 de novembro de 2016


O Voo Von Buettner

(A Von Buettner, in memorriam)

Um brinde ao seu voo, Arno.
O voo imaginário diminui
As fronteiras que nos separam de pessoas,
de tempos, de momentos idos, de culturas.
O voo, Bebeto, nos abre possibilidades!
Que o seu voo, Von Buettner,
Seja o infinito fulgurante de Fernão Capelo Gaivota...

E voaremos com você nas asas da saudade.



Juscelino V. Mendes





sábado, 9 de julho de 2016

Beleza abafada

(p/ Amy Winehouse)

Rastros de alegria,
Cheiro de tristeza,
Beleza abafada
Na sonoridade das luzes
Encantadas!

Um belo ser,
Em busca do eu
E do prazer de tantos,
Encantos:
Prantos, risos,
Cores, brilhos,
Nascidos na dor.



Juscelino V. Mendes




quarta-feira, 29 de junho de 2016

Poder sobrenatural

Feito Baudelaire perguntei ao vento: por que foges? Deu-me um sorriso frio, gelado e desapareceu na noite, com o seu poder sobrenatural.



Juscelino V. Mendes

sexta-feira, 17 de junho de 2016

quase

soçobra em mim um quase
soluçar, um quase
voo nas plenitudes siderais
respirando liberais
ares, 
a mares, 
liberdade...


Juscelino V. Mendes