onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

O encontro naquele instante




Encontrei-me comigo mesmo.
Não sei ao certo, mas estranhei
O encontro naquele instante só.

A necessidade de encontrar
O estranho é estranho
Em si mesmo, porque lúdica.

A necessidade do outro é lúdica,
Ainda que seja estranho
em si mesmo, porque completa.



Juscelino V. Mendes


Clique no título do poema e assista ao vídeo - http://www.youtube.com/watch?v=lZkDq4l4atM  Eu Preciso Aprender a Só Ser  Gilberto Gil



Um comentário:

Marisa Queiroz disse...

Sou a primeira comentarista, êba! Inspiração da reflexão profunda que é o encontro consigo mesmo. Eu, cada vez que me encontro, me surpreendo: nunca sou a mesma, rsss. Lindo, meu poeta! Bjs