onkeydown='return validateKey(event)'> onkeydown='return validateKey(event)'> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Nota de pesar

Antes da morte de Eduardo Campos, o PT o execrava, como um traidor, mimado e outros adjetivos desairosos; agora, morto, declaram-no como um homem que fora comprometido com o social e amigo do partido, em sua nota de pesar. O mais odioso em tudo isso é, primeiramente, o banal significado da morte de um ser humano para essa gente; o segundo, e de conseguinte, aproveitar-se disso para se "locupletar" dos votos que seriam depositados, nestas eleições, ao candidato tragicamente falecido. O Brasil está cada vez mais pobre de gente que pense o bem do outro, da comunidade, do País.


Juscelino V. Mendes

Um comentário:

graça grauna disse...

Querido Jus: compartilho da sua nota de pesar e comunico que infelizmente meu twitter foi invadido por pessoas que só querem nos prejudicar. Ajude-me se possível a denunciar o problema. No mais, grata pela atenção, carinho, respeito e amizade de sempre. Paz e bem, Graça Graúna